PK/TK (in vivo), ADME (in vitro) e BIOANÁLISE

Os ensaios de farmacocinética (PK) e toxicocinética (TK), bem como os ensaios de Absorção, Distribuição, Metabolismo e Excreção (ADME), são realizados para avaliar a disposição de substâncias em um organismo. Além disso, são importantes para avaliar a exposição sistêmica e/ou tecidual de substâncias, permitindo a correlação com uma eventual toxicidade. Esses estudos fornecem informações importantes para:

  1. Auxiliar na otimização de compostos líderes;
  2. Fornecer suporte aos estudos de toxicologia auxiliando na interpretação dos resultados;
  3. Explicar algumas variabilidades interespécies relacionadas ao metabolismo de um composto;
  4. Prever a predisposição a reações idiossincráticas e formação de metabólitos reativos e antecipar a exposição da substância em humanos;
  5. Estabelecer a biodisponibilidade de diferentes formulações ou tipos de sais.

Ensaios disponíveis:

  • Estudos de desenvolvimento e validação de método analítico utilizando equipamentos de ponta (cromatografia líquida acoplada a espectrometria de massas);
  • Transferência e otimização de metodologia analítica;
  • Determinação das propriedades físico-químicas como: pKa, solubilidade, estabilidade química e lipofilicidade;
  • Suporte analítico para os estudos de ADME e PK/TK;
  • Realização de estudo piloto e estudo principal em roedores para análise do perfil farmacocinético;
  • Determinação dos parâmetros farmacocinéticos utilizando o software WinNolinTM;
  • Ensaio de escalonamento de dose;
  • Ensaio de doses repetidas;
  • Estudo de toxicocinética em roedores.
  • Estudo de farmacocinética em roedores.

Vias de Administração: Enteral, parenteral e tópica.

Matrizes biológicas: sangue/plasma/soro, urina, fezes, tecidos e órgãos-alvo.